Falecimento: Ir. Giuseppe Finotti

Ir. José Finotti alcançou a Casa do pai. 

 

 
 
Ir. Giuseppe Finotti ou José Finotti, Pobre Servo da Divina Providência, nasceu em Verona e faleceu hoje, aos 88 anos.
 
Ele foi missionário na Itália, no Brasil e na Angola. Durante o período que esteve no Brasil atuou como enfermeiro no Hospital de Anaurilândia/MS (1973-1984); Como assistente na Casa Mãe de Deus, em Feira de Santa/BA (1984-1989);  como enfermeiro no atendimento aos Hansenianos, em Marituba/PA (1190-1993);
 
Esteve presente durante a construção do Hospital da Congregação, Hospital Divina Providência, onde chegou a atuar até o ano de 2008, e então voltou para a Itália, já com sua saúde debilitada.
 
Nossas preces aos familiares, na certeza de que está nos braços do Pai.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
A Congregação Pobres Servos da Divina Providência agradece as manifestações de carinho e solidariedade.
Confira alguns depoimentos recebidos em nossas redes sociais:
A gênese de minha vocação de Irmão foi a convivência, nos tempos de formação, com os Irmãos Mario Frigo, Rino, Francesco Cornale e José Finotti. Por eles sou muito grato ao Senhor. Ir. Jacob Tonon
Ir. José, o silêncio que ecoa! Obrigado pelo exemplo de Vida Religiosa. Ir. Aires Paesi
Irmão José foi um grande amigo que sempre esteve presente na minha casa quando meu pai e minha mãe precisava de uma visita amiga. Deus o abençoe e que Jesus Cristo lhe receba de braços abertos. Eliana - Comunidade N. Sra das Graças
 
Um homem humilde e muito caridoso. Tive a oportunidade de conhecê-lo . Deus conforte os corações de seus familiares. Milene - Diretora Operacional do Abrigo João Paulo II de Marituba
Eu também tive a oportunidade de conhecê-lo. Foi meu mestre no início de minha carreira no Macello Cândia. Deus conforte seus familiares. Tenho  certeza que os anjos lá no céu estão bendizendo Glória Deus, por estarem recendo um servo de Deus de tamanho exemplo de humildade e amor. Luziene - Diretora Operacional do HDP
Tive a graça de partilhar com ele alguns anos em Marituba. Ficou o exemplo de humildade, pobreza , obediência e verdadeiro abandono na Divina Providência. Terezinha Botelho  - Engenheira